Dá pra escrever com verdadeira indiferença?

“Não se pode escrever nada com indiferença”.

A frase é da Simone de Beauvoir e reforça aquilo que falamos no post anterior, sobre criar com amor.

Ah, mas isso quer dizer que não dá pra criar sem amor? Claro que dá pra criar sem amor. O que não dá pra fazer é simplesmente não dar a mínima para o que se está escrevendo.

No exemplo que utilizei antes, sobre meu trabalho como redator publicitário, por mais que eu escreva coisas que nem sempre amo, eu nunca estou indiferente. Eu tenho uma motivação para escrever aqueles textos, nem que seja uma motivação financeira.

É nesse sentido que interpreto a frase de Beauvoir, pois a escrita não pode ser totalmente desprovida de interesse. Se fosse assim, por que se dar ao trabalho?

Pra gente parar e dar voz ao nosso mundo interior, é preciso se importar.

Às vezes eu amo o que escrevo (a situação ideal).

Às vezes eu escrevo porque estou com raiva (terapêutico).

Às vezes escrevo porque algo dentro de mim está transbordando e precisa sair (pensamentos e poesia).

Às vezes eu escrevo porque preciso pagar contas (interesse financeiro).

Mas, em todas as vezes que escrevo – em todas – existe algo maior por trás.

Não sei se é possível fazer diferente disso! =)

Compartilhar agora!

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Devo escrever de forma pessoal?

Decidi escrever esse texto porque tive uma conversa interessante com um leitor aqui do blog. Basicamente ele me perguntou sobre...

O grande antagonista

Toda história tem um antagonista, alguém que se coloca contra os objetivos do herói e o atrapalha em seu caminho....

Ninguém vai salvar você

Quando a gente está criando uma história mais tradicional, uma das coisas mais importantes é pensar em um protagonista realmente...

A sua ideia não vale nada

Quando a turma que adora escrever ou contar histórias se encontra (seja pessoalmente ou na internet), não demora pra conversa...

Como escrever conteúdo legal para o meu blog?

Recebi essa pergunta sobre conteúdo faz uns dias lá no meu Instagram e achei muito pertinente. Só que a resposta...

Por que não escrevo mais sobre o ofício de escrever

Se você acompanha o meu trabalho, deve ter percebido que já faz um bom tempo que eu não escrevo um...

Sobre vaidade e gratidão no meio criativo

Eu adoro o trabalho criativo. Sério. Eu meio que sou imprestável para tudo o que não envolve usar a criatividade...

Homunk: seu estúdio virtual

Uma das coisas que eu mais gosto disso de ter um site é o contato com o público. Sério, é...