Entender o mercado, mas respeitar seu coração

Compartilhar agora!

Olha, não adianta negar, existe um mercado da literatura. E nem sempre esse mercado é justo.

Não é raro encontrarmos alguns livros bem ruinzinhos sendo publicados enquanto obras maravilhosas ficam relegadas à obscuridade. Acontece. E não adianta ficarmos bravos com as editoras por causa disso.

Precisamos entender que uma editora é uma empresa e que precisa de lucro para pagar seus funcionários e manter a economia funcionando. Para isso, ela publica livros de interesse popular, livros pelos quais uma parcela do mercado consumidor se interessa.

Para ter sucesso na vida de escritor, devemos compreender isso (e até usar isso a nosso favor, criando nosso próprio público). Porém, não podemos deixar que isso tire de nós aquele brilho nos olhos e o encantamento que nos levou a escrever, pra início de conversa.

Procure o contato com seu público. Procure atrair leitores. Mas não ao preço da sua alma. Saiba que, por mais sucesso que uma obra tenha, ela só será realmente digna de nota se for escrita com o coração.

Seja profissional, mas não abra mão da sua essência!

A post shared by Como Escrever (@como_escrever) on

Compartilhar agora!

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Por que as pessoas leem?

Esqueça respostas bonitinhas como: estilo, conhecimento, bom-gosto literário, informação, criatividade e todas as demais que ficariam ótimas em um programa...

As vantagens de escrever sobre o que você sabe

Já falamos aqui sobre a importância de se escrever sobre aquilo que se ama, além de se escrever sobre aquilo...

A sua visão é única

De vez em quando eu encontro pessoas que querem escrever um livro, mas ficam com medo de começar porque acham...

Escreva além do que você sabe

Um conselho famoso encontrado em diversos livros e cursos de escrita criativa é o tal do escreva sobre o que você...

Sangrar na página

"Tudo o que você precisa fazer é sentar em frente à sua máquina de escrever e sangrar". Pesado, né? Essa...

Dá pra escrever com verdadeira indiferença?

"Não se pode escrever nada com indiferença". A frase é da Simone de Beauvoir e reforça aquilo que falamos no...

Crie com amor

Eu não vou mentir pra você: eu não amo tudo o que eu crio. Como eu trabalho com escrita (além...

Escrever é difícil

Escrever não é fácil. Pode vir a ser fácil... em alguns momentos. Mas nunca será totalmente livre de sofrimento. Sentar...