O Livro Negro da Paternidade: uma experiência que você nunca terá novamente

É nisso que estou trabalhando no momento, nesse que talvez seja a obra (e a experiência) mais maluca da minha vida. Ainda é apenas um rascunho, mas achei que estava na hora de dividir com você os primeiros rabiscos do meu “Livro Negro da Paternidade”. Não deixe de me dar o seu feedback! 😉


“Uma experiência que você nunca terá novamente”

Foi isso o que ela disse enquanto eu fazia a curva na esquina da nossa casa.

Dei sinal para embicar na garagem e apertei o botão que abria o portão enquanto ela continuava falando:

Por mais que a gente tenha outro filho no futuro, essa é a sua primeira experiência como pai, então você nunca viverá nada assim novamente.

Eu balancei a cabeça, concordando. Mas ela ainda não tinha terminado:

Você é um escritor. Deveria escrever sobre isso.

Como eu ia argumentar contra uma afirmação dessas? Ela tinha total razão em tudo o que havia falado. E a maneira como falou, ainda por cima, tornava tudo ainda mais grave.

Se você acha que ela tinha um tom autoritário e sério na voz, caro leitor, saiba que foi justamente o contrário. Ela falou com tanto amor e carinho que ficou óbvio pra mim que aquilo estava vindo do seu coração. Ela sabia que, se eu não escrevesse sobre essa experiência de ser pai, eu iria me arrepender no futuro.

Parece que essa mulher me conhece mesmo, afinal de contas.

É por isso que agora estou sentado em uma poltrona, com o notebook no colo e um cachorro ao lado, digitando as primeiras palavras do que será uma espécie de diário, caderno de confidências e guia para outros pais.

Sim, guia, porque outro objetivo que tenho com este livro é ajudar caras parecidos comigo. Caras que estão lidando com a paternidade pela primeira vez e precisam de alguém que lhes jogue a real e fale tudo de bom, de mau e de feio que vem com isso de botar mais uma pessoa no mundo.

Porque acredite, não é só flores e sorrisos, amigo. Você terá momentos de raiva, medo e desespero. Momentos em que começará a perguntar a si mesmo se falta muito para o Elon Musk criar uma máquina do tempo elétrica pra poder voltar e fazer diferente. Momentos em que parecerá que está na maior enrascada da sua vida.

Mas esses momentos passam. E o que fica é a sensação de que era isso o que faltava para você se sentir completo. Para você deixar aquele moleque para trás e finalmente se tornar o homem que nasceu para ser.

Porque um filho muda tudo.

Nos próximos meses a sua vida vai virar de cabeça para baixo de formas que você nem é capaz de imaginar ainda.

Você sofrerá uma transformação que não consegue entender. Seu foco mudará. Suas prioridades, pensamentos e razão de viver também.

Pois é, amigo. Um filho muda tudo.

Só que, se você deixar, ele muda tudo pra melhor.

Prepare-se para uma jornada muito doida.

Compartilhar agora!

Related Posts

  1. Parabéns, Nano! É possível sentir no seu texto o quanto você está feliz com a chegada do seu filho e com a nova experiência na sua vida.

    Eu só consigo ficar feliz por você! E ficar super empolgada pelos novos textos da sua jornada pela paternidade.

    1. Oi, Vanessa!
      Que bom ver você por aqui, sempre me dando o seu apoio.
      Agradeço de coração pelo carinho e vamos rumo a novas aventuras (e textos rsrs).
      Beijão

  2. Olá Nano!

    Gostei bastante dessa primeira parte 😀
    Muito legal da sua parte ter essa ideia, essa proposta de deixar esse registro pro futuro de vocês, disponibilizar pra nós acompanharmos de perto e ainda para ajudar pais de primeira viagem haha
    Achei bem engraçado a parte da sua mulher sugerindo que você escrevesse! Talvez fosse de se esperar que ela estivesse surtando um pouco e você sendo o apoio, mas ela foi bem tranquila e te conhece bem mesmo! hahaha

    Ansioso pra ver a continuação! Boa sorte com o menino que está por vir (:
    Grande abraço!

    1. Oi, Fernando!
      Obrigado pelo feedback. Ainda é um rascunho, mas acho que, ao publicar por aqui, é uma forma de mostrar um pouco do meu processo de escrita e também dividir a minha alegria com vocês.
      Muito obrigado pelo carinho.
      Um abraço!

  3. Parabéns aos Pais pelo lindo bebê que está chegando! Muito legal a sua voz de escritor num tema tão divino! Porém, o título do Livro, sugiro que altere. Penso que não combinou…

    1. Nano, concordo com a Sandra. Penso que poderia pensar em trazer mais leveza e luz ao título.
      Grande abraço. Felicidades e muito sucesso! Em todas as áreas…

  4. Parabéns, Nano! Muita sinceridade expressa nas palavras transbordando sentimentos únicos e pura emoção na descoberta desse novo momento! Creio que esse projeto será um sucesso, pois realmente transformará sua vida e através de você muitos serão impactados! Sucesso!

    1. Muito obrigado por essa mensagem tão carinhosa, Carla! Estou realmente transformado (pra melhor rsrsrs) =)

  5. Que lindo insight!
    Que bom ter homens escrevendo sobre esse tema tão mágico! Meu primo está passando por essa experiência de ser pai pela primeira vez. Não se casou. Não programou. A gravidez se apresentou.
    Vou indicar a leitura da sua jornada pra ele.
    Que vocês possam apreciar toda a beleza e magia deste momento único! E belo! E incerto! E tão certo!
    Grande Abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

O Livro Negro da Paternidade: uma experiência que você nunca terá novamente

É nisso que estou trabalhando no momento, nesse que talvez seja a obra (e a experiência) mais maluca da minha...

O Urso

Na semana passada li um livro bastante interessante e que acho que merece a menção aqui no blog. Trata-se de O...

A maior das histórias

A minha vida toda eu adorei histórias. Quando criança, gastava horas criando uma narrativa gigante com os meus bonequinhos dos...

Devo escrever de forma pessoal?

Decidi escrever esse texto porque tive uma conversa interessante com um leitor aqui do blog. Basicamente ele me perguntou sobre...

O grande antagonista

Toda história tem um antagonista, alguém que se coloca contra os objetivos do herói e o atrapalha em seu caminho....

Ninguém vai salvar você

Quando a gente está criando uma história mais tradicional, uma das coisas mais importantes é pensar em um protagonista realmente...

A sua ideia não vale nada

Quando a turma que adora escrever ou contar histórias se encontra (seja pessoalmente ou na internet), não demora pra conversa...

Como escrever conteúdo legal para o meu blog?

Recebi essa pergunta sobre conteúdo faz uns dias lá no meu Instagram e achei muito pertinente. Só que a resposta...