A sua visão é única

Compartilhar agora!

De vez em quando eu encontro pessoas que querem escrever um livro, mas ficam com medo de começar porque acham que não são interessantes o suficiente.

Essas pessoas dizem que têm medo de que ninguém leia seus escritos ou, pior, que leiam e achem tudo bobo e sem graça. É triste, pois elas realmente acreditam que suas vidas não possuem nada demais, que elas não têm nada a oferecer.

Isso é impossível.

Cada um de nós veio a esse mundo como uma expressão única do grande impulso criativo. Somos mais de 6 bilhões de pessoas dividindo um planeta e ninguém é igual a ninguém. Absolutamente ninguém. Nem mesmo aqueles gêmeos super próximos.

Cada um de nós traz um ponto de vista especial da realidade e esse ponto de vista nos torna interessantes, nos torna exóticos e com estilo e com sabedoria própria.

Olhe para você mesmo e para a sua história até aqui. Lembre de tudo o que já viveu e como isso influencia a forma como você olha para o mundo e para as outras pessoas. Leve em consideração as coisas que você ama e que você odeia. Se você misturar tudo isso em um liquidificador, terá material suficiente para muitos e muitos livros.

Você é interessante. Eu juro!

Compartilhar agora!

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

Por que as pessoas leem?

Esqueça respostas bonitinhas como: estilo, conhecimento, bom-gosto literário, informação, criatividade e todas as demais que ficariam ótimas em um programa...

As vantagens de escrever sobre o que você sabe

Já falamos aqui sobre a importância de se escrever sobre aquilo que se ama, além de se escrever sobre aquilo...

A sua visão é única

De vez em quando eu encontro pessoas que querem escrever um livro, mas ficam com medo de começar porque acham...

Escreva além do que você sabe

Um conselho famoso encontrado em diversos livros e cursos de escrita criativa é o tal do escreva sobre o que você...

Sangrar na página

"Tudo o que você precisa fazer é sentar em frente à sua máquina de escrever e sangrar". Pesado, né? Essa...

Dá pra escrever com verdadeira indiferença?

"Não se pode escrever nada com indiferença". A frase é da Simone de Beauvoir e reforça aquilo que falamos no...

Crie com amor

Eu não vou mentir pra você: eu não amo tudo o que eu crio. Como eu trabalho com escrita (além...

Escrever é difícil

Escrever não é fácil. Pode vir a ser fácil... em alguns momentos. Mas nunca será totalmente livre de sofrimento. Sentar...