Sobre tratar bem a sua imaginação

Os meus momentos de pior produtividade apareceram quando eu estava levando o trabalho muito a sério. O fato de eu falar sobre escrita criativa e storytelling também não ajudou nessa hora.

De repente parecia que eu tinha obrigação de produzir mais e melhor e isso tirou toda a graça do processo. Eu me vi com menos vontade de escrever, me vi sem tantas ideias, como se eu tivesse sido esvaziado… tipo um balão sem ar suficiente pra subir e brincar.

A coisa foi tão feia que eu tive que parar tudo.

Eu deixei a seriedade de lado e fui brincar um pouquinho. Fui fazer aquilo que eu fazia desde criança e que sempre foi responsável por me dar ideias para histórias, além da vontade para levá-las adiante.

Eu cortei imediatamente qualquer obrigação produtiva que eu tinha. Pausei os projetos. Saí da frente do computador.

Por cerca de um ou dois meses eu tratei de ler Histórias em Quadrinhos, assistir seriados, jogar RPG. Eu me enchi de histórias pelo puro prazer de conhecê-las. Eu me encantei novamente. Vibrei, torci, chorei. Aí comecei a me perguntar “e se…?”, comecei a deixar algumas ideias soltas correrem sozinhas nos cantos da minha mente. Quando dei por mim, estava com vontade de criar de volta.

A queda de energia é natural e, uma hora ou outra, vai cravar suas garras em mim novamente. Não adianta ficar bravo com isso. Felizmente, agora eu sei exatamente o que fazer para atravessar essas fases difíceis: é só levar a criatividade para passear!

Compartilhar agora!

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Recentes

O grande antagonista

Toda história tem um antagonista, alguém que se coloca contra os objetivos do herói e o atrapalha em seu caminho....

Ninguém vai salvar você

Quando a gente está criando uma história mais tradicional, uma das coisas mais importantes é pensar em um protagonista realmente...

A sua ideia não vale nada

Quando a turma que adora escrever ou contar histórias se encontra (seja pessoalmente ou na internet), não demora pra conversa...

Como escrever conteúdo legal para o meu blog?

Recebi essa pergunta sobre conteúdo faz uns dias lá no meu Instagram e achei muito pertinente. Só que a resposta...

Por que não escrevo mais sobre o ofício de escrever

Se você acompanha o meu trabalho, deve ter percebido que já faz um bom tempo que eu não escrevo um...

Sobre vaidade e gratidão no meio criativo

Eu adoro o trabalho criativo. Sério. Eu meio que sou imprestável para tudo o que não envolve usar a criatividade...

Homunk: seu estúdio virtual

Uma das coisas que eu mais gosto disso de ter um site é o contato com o público. Sério, é...

Ninguém quer ler as suas m#rd@s

Em uma tradução livre, esse aí é o título do primeiro livro que li em 2018... e que livro sensacional....